Os nossos Objectivos

Os nossos Objectivos

Renovar a APNA, Servir os Associados e Defender a Naturopatia

Renovar a APNA, Servir os Associados e Defender a Naturopatia

É nosso principal objectivo, renovar a APNA, colocar a associação ao inteiro serviço dos associados, prestando-lhes todo o apoio possível, ou seja nas vertentes administrativa, jurídica e social.

É verdade que a APNA, passou e ainda vem atravessando um espaço de alguma turbulência, que em nada a ajudou e ainda menos a dignificou. Cremos no entanto, como pessoas de bem e de boa vontade, procurar superar todas as lacunas, corrigir todas as assimetrias, aprendendo com os erros e desmandos, no sentido de levar a APNA a bom porto.

Acreditamos também, que as associações são como as pessoas, podem ter os seus picos eufóricos, mas também as suas quedas ou depressões.

Por tudo que já é do vosso conhecimento, esta equipe de pessoas de boa vontade, fará o seu melhor para levantar a APNA, colocando-a no lugar que lhe cabe, ou seja como principal aglutinadora dos profissionais da nossa classe, que por sua vez serão os principais defensores da verdadeira Naturopatia.

Defender a Naturopatia, significa para nós como verdadeiros Naturopatas que somos, ter a noção exacta dos nossos deveres e responsabilidades. Promover o essencial conhecimento da fundamentação, dos princípios doutrinários, das técnicas e procedimentos que caracterizam o MÉTODO NATURAL DE SAÚDE, que todos temos o dever de ensinar, defender e preservar.

Os requisitos naturopáticos, não podem nem devem ser determinados apenas por portarias governamentais, eles devem decorrer principalmente dos ensinamentos de base das nossas escolas que ensinam a verdadeira Naturopatia. Ter como padrão de aferimento o conjunto de meios que representam a grande técnica naturopática, a qual Hipócrates inicialmente concebeu, mas que Benedict Lutz e P. V. Marchesseau designaram por NATURISMO, precedido pelo HUMORISMO ( ciência naturopática) e do VITALISMO (filosofia naturopática).

É portanto em nosso entender o NATURISMO, o estudo prático de todos os procedimentos higiénicos que dispõe a Naturopatia em nome dos seus verdadeiros ensinamentos.

Caros Colegas e Associados,
Fará esta equipe o possível e até mesmo o impossível, para programar reformas principalmente nas seguintes áreas de organização da APNA:

-- Revisão dos Estatutos, tornando-os mais versáteis, actualizados e justos, quer na gerência da associação, como na condução da classe associada, principalmente no tocante à classificação nas categorias profissionais, nas admissões, mas também na composição, fiscalização e funcionamento do acto eleitoral. Todos devem ter a oportunidade de votar, apesar da distância que possam ter em relação à sede.

-- Actualizar todo o processamento de inscrição dos associados, com renovação do cartão de sócio, carteira profissional e seu enquadramento jurídico-legislativo.

-- Apoiar os associados em pleno gozo dos seus direitos sociais, quer na vertente administrativa, como jurídica e de seguro profissional.

-- Pugnar para que os mandatos dos corpos sociais da APNA se cumpram dentro dos prazos e preceitos estatutários.

-- Promover os habituais congressos, encontros de convívio, conferências, palestras, workshops e eventos de formação profissional em todas as Técnicas Especiais da Naturopatia e das chamadas Terapêuticas Não Convencionais.

-- Conseguir parcerias nacionais e internacionais na área da Naturopatia e das suas correspondentes técnico-profissionais.

-- Instalar um possível programa de poupança com vista à aquisição de uma sede própria da APNA.

Conscientes das muitas dificuldades no cumprimento destas metas, mas esperançados no acolhimento e na necessária colaboração de todos os associados, condição sem a qual não será efectivamente possível a verdadeira renovação da APNA.

Com os melhores cumprimentos e saudações naturopáticas.


Manuel R. C. Melo, Naturólogo, PhND, MD (MA)